Quer mais este assunto nerd? Nos visite diariamente.

Stargirl 1X12 – Stars & S.T.R.I.P.E. Part One

Os vilões até querem coisas boas, mas ainda são vilões.

Quando o fim do mundo não é o bastante.

Stars & S.T.R.I.P.E. Part One é o aquecimento perfeito para um bom finale.

O episódio começa nos mostrando elementos importantes dos últimos episódios pra você entender como nossos personagens chegaram onde estão. Se você perdeu algum episódio, isso ajuda bastante, se bem que se no 12º episódio de uma série, isso é mais formalidade de roteiro do que algo realmente importante.

Já sabemos que a trama chegou naquele ponto onde os personagens precisam lidar com as consequências das ações que fecharam o segundo bloco da trama e abriram espaço para o último.

O que você realmente precisa saber?

No lado dos heróis: A SIA quer matar a família de Courtney e Pat dá um jeito de entocar todos os garotos e o desmemoriado Sir. Justin numa cabana.  No lado dos vilões: O Onda Mental está mais poderoso que nunca e consegue segurar o projeto Nova América.

Ah, então o projeto tem a ver com controle mental… eu já tinha dito isso no episódio anterior. A intenção dos vilões é acabar com os problemas do mundo eliminando o livre arbítrio no processo. Eles são vilões, né? Nunca aceitariam uma democracia.

Alias, os vilões continuam se matando, mas a Violinista meio que mereceu. Onde já se viu falar dos filhos dos outros? Só porque eles nao mataram os Whitmore/Dugan?

Ainda sobre filhos… Onda Mental e Shiv tiveram uma cena divertidamente cruel. O pai acha que ela foi um experimento que deu errado? O nome disso é paternidade, mas ele mereceu, né? Ô garota mimada! Ela foi encarcerada pelo próprio pai e não aprendeu nada? Merece lapada!

Se o cérebro do Onda Mental tivesse virado geleia como o Rei Dragão previa… Mas ele mitou duas vezes, afinal, conseguiu sentir milhares de cérebros penetrando no seu.

Do lado dos heróis: Rick finalmente descobriu o segredo das tais fórmulas e os óculos mágicos da Beth revelaram que era o mapa do covil do Rei Dragão.  O grupo resolve invadir o local. Eles se dividem em três equipes para cobrir melhor o espaço. Pat e Courtney vão para o covil do lobo, Barbara e Beth para o escritório do Geada e o resto vai para a terceira entrada.

Beth e Barbara conseguem hackear o mainframe da empresa do Geada, só que o Jogador Hackeia os Hackers e faz a cena do vilão que revela os planos.  Como o aparelho só controla cérebros desenvolvidos, o episódio acaba com todos os adultos controlados e com a Stargirl prestes a levar uma surra do F.A.I.X.X.A.

 

Sem piadas desta vez, ok? Uma máquina que só afeta “gente grande” resignifica todo o esquema da série. Se os personagens fossem adultos, este seria o último episódio, mas eles nao são e vão salvar o dia.

você pode gostar também