ColunasNão Assistimos

Não Assistimos: The Personal History of David Copperfield

 

David Copperfield… o mágico?

Na verdade, é curioso ver como o nome do protagonista do livro David Copperfield e o de seu protagonista foram resinificados no século XX.

Publicado originalmente em 1850, o livro The Personal History, Adventures, Experience and Observation of David Copperfield the Younger of Blunderstone Rookery (which he never meant to publish on any account), conta a bizarra história de David, o garoto que foi retirado da mãe pelo padrasto que o manda para trabalhar na sua fábrica de bebidas, onde ele é explorado e humilhado.

Ao longo do livro, vemos o garoto crescer e conhecemos os interessantes coadjuvantes de sua história.

Charles Dickens criou uma fábula atemporal que foi adaptada várias vezes, em diversas mídias. Em 2019, o diretor Armando Iannucci decidiu fazer sua versão da história e montou um elenco estelar formado por Dev Patel (David), Hugh Laurie (Mr. Dick), Tilda Swinton (Tia Betsey Trotwood), Peter Capaldi (Wilkins Micawber), Benedict Wong (Senhor Wickfield) e Gwendoline Christie (Jane Murdstone), atores cujos nomes geram publico ou que brilharam bastante em seus trabalhos recentes.

Entendam que elogiar estes atores não é diminuir a qualidade dos menos conhecidos (para nós) que defendem muito bem seus papéis. Este é um dos raros casos em que todo o elenco do filme funciona como uma engrenagem.

Iannucci tomou duas decisões criativas interessantes: Ele diminuiu a crueldade com o jovem David e diversificou o elenco, afinal estamos em 2020. É curioso ver todas as cores de sua aristocracia, algo que dificilmente seria considerado pelo autor e acaba sendo… diferente. Temos filhos brancos de mães negras temos o caso de Agnes Wickfield (Rosalind Eleazar), que é a filha negra de um oriental.

Na verdade, isso só reforça o tom de fábula e realismo fantástico adotado pelo diretor e sua equipe que fizeram uma bela limpa em todos os temas mais sensíveis da história e investiram numa narrativa linear pautada não só pelos textos do futuro escritor como por sua versão dos fatos que pode realmente ter sido mais polida.

Alias, é interessante ver o tom farsesco e exagerado que os atores deram a seus personagens. Se por um lado, o Senhor Wickfield do Capaldao reflete um pouco seu Doutor nas temporadas 9 e 10 de Doctor Who, é divertido ver Tilda Swintom e Hugh Laurie em personagens completamente diferente dos que os imaginamos. Se bem que no caso de Laurie, isso é  o retorno dos personagens leves que  fazia lá no começo da carreira em A Bit of Fry e Laurie, The Black Addler e em Para o Resto de Nossas Vidas e outros.  As cenas dele com Swinton são divertidas, mas as que divide com Patel e Capaldi são impagáveis.

A primeira cena das pipas e o momento que ele vai pegar de volta a sanfona do Senhor Wickfield são um bom exemplo disso. São um respiro entre vários momentos mais pesados, uma vez que sua história é recheada de ascensões  e quedas.

Quedas como a causada por Uriah Heep (Bem Wishaw) colega invejoso de colégio que virou seu antagonista da idade adulta. Lembra que eu falei sobre ressignificações lá no começo? Assim como David Copperfield ficou famoso por ser o nome de um prestidigitador dos anos 80, Uriah Heep é o nome de uma banda britânica de hard rock dos anos 60. Coincidência?

É interessante ver que ao longo dos altos e baixos, ele não abandona ninguém e sempre tenta agregar aqueles que o acompanharam em sua trajetória.

O fim do filme é um belo exemplo disso.

Bem, posso revelar muitos segredos sobre o filme ou sobre o livro, mas se eu fizer isso, a verdade é que você não conseguirá aproveitar a experiência do jeito certo.  Infelizmente, o filme ainda não foi para os cinemas. Já era para ter ido, mas o Covid veio e atrapalhou tudo, mas tem vários lugares onde você pode encontra-lo, se procurar.

Corra atrás, vale a pena.  Em momentos difíceis, precisamos de coisas leves.

 

The Personal History of David Copperfield — EUA, 2019
Direção: Armando Iannucci
Roteiro: Simon Blackwell, Armando Iannucci, Charles Dickens (autor da obra original)
Elenco: Dav Patel, Tilda Swinton, Peter Capaldi, Hugh Laurie, Ben Wishaw, Gwendoline Christie, Anthony Welsh, Morfydd Clark, Benedict Wong, Daisy May Cooper, Rosalind Eleazar
Duração: 119 min.

 

 

 

Canal Metalinguagem

Somos um facilitador de conversas. Quer puxar assunto com seus amigos nerds? Nos visite diariamente e nunca ficará sem assunto. Gostou? Quer falar conosco ?Estamos em todas as redes sociais. Nos mande um sinal de fumaça que responderemos com prazer.Tá sabendo da novidade? Somos parceiros da Amazon. Vai comprar na Amazon? Utilize o código: canalmetali06-20! e dê uma força para o canal.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo