ColunasNão Assistimos

Não assistimos: Borat: Fita de Cinema Seguinte (2020)

Devido ao COVID-19, Borat foi parar no Amazon Prime. Não é que foi melhor assim?

Sabe aquela história da piada reciclada?

Será que mostrar o retorno de Borat aos EUA não seria um pouco disso?

Sim e não. Se a estrutura da história lembra bastante o primeiro filme, a semelhança para por aí.

Borat (Sacha Baron Cohen), que causou uma grande vergonha a seu país, é libertado da prisão onde esteve por 14 anos e é incumbido com a missão de levar um presente para o vice-presidente Mike Pence, um dos homens mais poderosos da América. Devido a uma grande confusão, o presente acaba sendo sua filha Tutar (Maria Bakalova), que praticamente rouba todas as cenas em que aparece.

Borat Subsequent Moviefilm Courtesy of Amazon Studios

Mais do que uma coleção solta de esquetes, o filme é uma pérola do deboche e do humor negro que alfineta o feminismo, a administração Trump, os conservadores e o tipo de pessoa equivocada que os elege.

É interessante ver que Borat ser conhecido na América, o que pode ser considerado uma crítica ao formato, que foi usado a exaustão por vários autores, inclusive pelo próprio ator, que produziu pelo menos três filmes com essa proposta ou com o fato do Sasha não ser mais um ator desconhecido, o que certamente dificultou várias de suas interações .Felizmente, Bakalova é uma completa desconhecida, o que permitiu que algumas piadas fossem feitas. Um bom exemplo, é a cena em que ela invade uma reunião de mulheres republicanas para falar sobre masturbação,

Se bem que a dança da menstruação feita por ela e Borat, a cena mais divertida do filme, nos levanta a questão: o que é real e o que é armado? O mesmo pode ser dito da polêmica sequência de Tutar com Rudolph Giuliani. Não que isso realmente importe, afinal, quando assistimos este tipo de filme, nos tornamos cumplices do conceito.

Sinceramente? Muitas piadas são requentadas e perdem a graça, mas todo o resto é bem divertido.

Borat: Fita de Cinema Seguinte não é inovador, mas diverte. No fundo, é isso que importa.

BORAT: FITA DE CINEMA SEGUINTE

SINOPSE E DETALHES

Borat: Fita de Cinema Seguinte é a sequência do longa de sucesso Borat – O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América. O longa foi filmado na quarentena e conta mais uma história do icônico jornalista do Cazaquistão.

Confira a classificação indicativa no Portal Online da Cultura Digital.Título original 

Borat Subsequent Moviefilm: Delivery of Prodigious Bribe To American Regime For Make Benefit Once Glorious Nation of Kazakhstan

Distribuidor –

Lançamento: 22 de outubro de 2020 no Amazon Prime Video / 1h 36min / Comédia

Direção: Jason Woliner

Elenco: Sacha Baron Cohen, Irina Nowak, Luenell

Nacionalidades: EUA, Reino Unido

Alexandre D´Assumpção

Segundo o Guia do Mochileiro das Galáxias, Alexandre D’assumpção, ou The Sumpa, é praticamente inofensivo. Apesar de todas as lendas a seu respeito, ele é apenas um professor Nerd, redator, roteirista de quadrinhos e audiovisual que nos anos 80 pediu carona para uma cabine azul e desde então, tem vivido suas aventuras através do espaço/tempo. Para facilitar a viagem, tornou-se mestre Zen na arte de ter um rosto tão comum que todos sempre o cumprimentam imaginando se tratar de outra pessoa; normalmente ele mesmo. Dono de uma péssima memória, ele nunca se lembra de detalhes importantes como rostos, grupos que passou nem dos inimigos que ameaçam sua vida, o que é péssimo quando ele os encontra em becos escuros. Sua toalha é customizada e ostenta a máscara da Iniciativa Gambate, empresa criada por ele para levar a cultura Pop a todos aqueles que dela precisarem, estejam onde estiverem. De tempos em tempos ele reverte a polaridade de sua chave de fenda sônica e leva algum compannion para passeios transmídia, seja em eventos, festivais ou programas de TV. No caso de um avistamento, principalmente se The Sumpa for a personalidade dominante, espere o inesperado e corra para sobreviver.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo