Lembra disso?

Lembra disso? Os Debilóides (1995)

.

É, esse nome não faria sucesso em 2021. Mundo politicamente correto e talz, mas nos anos 90, alguém achou engraçado batizar a animação inspirada no filme Dumb and Dumber, que conhecemos como Debi & Loide – Dois Idiotas em Apuros. Sabe aquele filme em que o Jim Carey e o Jeff Daniels são dois tapados? Pronto. É desse filme que estamos falando.

O filme fez tanto sucesso entre as crianças que a Hanna-Barbera lançou uma animação em 1995, também conhecido como o ano seguinte. Ao que parece, 1995 foi o ano das adaptações de filmes do Jim Carey. No mesmo ano foram lançadas as animações baseadas em Ace ventura e no Máscara.

A série, que dava continuidade a história do filme, mostrava as desventuras dos personagens e de um castor fêmea chamada Kitty, que demonstra mais inteligência que os dois. O grupo viaja pelo país na icônica Van em forma de cachorro que passou a ser chamada de Otto. No filme, a Van canina foi trocada por uma série de coisas, mas a série ignorou isso.

Criada por Bennett Yellin, um dos roteiristas do filme, a série foi cancelada após treze episódios, mas foi reexibida várias vezes no Cartoon Network. Evidentemente, Carey e Daniels seriam caros demais para o projeto, então foram escolhidos dubladores a altura. Matt Frewer assumiu a voz de Loyd, o personagem de Carey e Bill Fagerbakke foi o responsável pelas falas de Harry, o personagem de Daniels.

O Cartoon Network sabia como criar séries para crianças que não eram tão infantis assim e divertiam adultos também. Infelizmente, os roteiros não estavam a altura do filme, mas não eram ruins.

A animação veio para o Brasil durante a implantação de TV a Cabo no Brasil, quando canais fechados ainda não eram tão acessíveis quanto são hoje, mas como ela chegou a passar na TV aberta e foi exibida tanto pela Globo quanto pelo SBT, por mais que ela não seja aquela série marcante e inesquecível, é possível que esteja escondida em algum lugar das suas memórias de infância.

Os 13 episódios da série são:

  1. O Furgão Amigo
  2. Sorte Danada / Os Imbecis
  3. Debiloides Demais
  4. O Prisioneiro / Nem Chuva, Nem Granizo, Nem Bobeira
  5. O Cavalo Besta / Insensatos em Seattle / Hum, Que Delícia
  6. Mudanças Quebradas / Ser ou Não Ser Abelha
  7. Sonhe Gritando / Na Maior Velocidade
  8. Papai Noel de Araque / No Buraco Certo
  9. Cérebro, Cérebro, Me Deixe em Paz
  10. Comida Caseira
  11. Abotinada / Mordidos no Paraíso
  12. Lascado pra Valer / Loucuras na Lavandolândia
  13. Harry, Canário do Palco / Os Alienígenas

Diz aí… Lembrava dessa série? É engraçado como algumas séries mais parecem lendas urbanas do que memórias genuínas. Eu assisti no Cartoon na época em que ela foi lançada, mas essa semana, eu postei uma imagem dessa série e ninguém lembrava.

Alexandre D´Assumpção

Segundo o Guia do Mochileiro das Galáxias, Alexandre D’assumpção, ou The Sumpa, é praticamente inofensivo. Apesar de todas as lendas a seu respeito, ele é apenas um professor Nerd, redator, roteirista de quadrinhos e audiovisual que nos anos 80 pediu carona para uma cabine azul e desde então, tem vivido suas aventuras através do espaço/tempo. Para facilitar a viagem, tornou-se mestre Zen na arte de ter um rosto tão comum que todos sempre o cumprimentam imaginando se tratar de outra pessoa; normalmente ele mesmo. Dono de uma péssima memória, ele nunca se lembra de detalhes importantes como rostos, grupos que passou nem dos inimigos que ameaçam sua vida, o que é péssimo quando ele os encontra em becos escuros. Sua toalha é customizada e ostenta a máscara da Iniciativa Gambate, empresa criada por ele para levar a cultura Pop a todos aqueles que dela precisarem, estejam onde estiverem. De tempos em tempos ele reverte a polaridade de sua chave de fenda sônica e leva algum compannion para passeios transmídia, seja em eventos, festivais ou programas de TV. No caso de um avistamento, principalmente se The Sumpa for a personalidade dominante, espere o inesperado e corra para sobreviver.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo