Quinta série

Birdgirl 1X01 – Pilot (2021)

Lembra daquela série Harvey, o Advogado? Ele foi exibida pelo Adult Swin gringo entre 2000 e 2007 e no meio disso, veio parar aqui, onde fez algum sucesso e teve várias reprises.

Não lembra? A série era um remake do Homem-Pássaro, que após viver vérios revezes, tornou-se advogado e enfrentou versões recauchutadas de seus antigos vilões. É o caso de Mentok, o Tomador de Mentes, que virou um advogado concorrente. Entre os contatantes de Harvey estavam personagens da era clássica da Hanna-Barbera.

Na última temporada, conhecemos a Birdgirl(Paget Brewster), que apesar de ser inspirada nos feitos pretéritos de Harvey, era Filha de Phil Ken Sebben, que os fãs do personagem conheciam como Falcão Sete.

Não é que 14 anos depois, Judy (identidade secreta da personagem) ganhou uma série própria? E bem, acabamos de assistir o primeiro episódio da série.

Na série, descobrimos que Phil finalmente morreu e devido ao imenso fetiche que o personagem tinha pela Birdgirl, ele passa a empresa para ela e não para sua filha Judy, por mais que as duas sejam a mesma pessoa. Judy fica furiosa, mas acaba aceitando, por mais que sendo a viciada em ação que é, ela passe mais tempo em sua identidade em sua atrapalhada luta contra “o mal”.

E é justamente isso que faz com que ela cometa uma bela falta de julgamento. Desligada que só, ela literalmente aceita um projeto de merda. Um tal de Brian O’Brian tem a ideia de criar uma espécie de mesa que vira uma privada e transforma suas fezes em adubo, um projeto curiosamente autossustentável que acaba devorando pessoas.

É o tipo de idiotice que se espera de uma série tosca (no bom sentido) dessas, literalmente uma história de merda que te gera ótimas risadas. Ah, a animação é um pouco dura e simples, até um pouco antiga, mas é o estilo do Adult Swim, que costuma emular o estilo das animações da década de 60.

Ah, claro… Os outros personagens! O Cachorro com chapéu de balde ou “Bucket Hat” (John Doman) veio pra ficar, assim como o Birdteam, composto por Meredith, a Tomadora de Mentes (filha do Mentok?) dublada por (Negin Farsad), Gillian (Kether Donohue), a Strong Arm, The Feels e do Birdcat que é recuperado logo no começo do episódio.

Infelizmente, Harvey e seus coadjuvantes não apareceram na série. É uma nova empresa, com empregados diferentes, mas nada que impeça o retorno desses personagens em algum episódio.

Sinceramente? Se tiver um tempo livre e estiver atrás do que assistir, bem… deixe seu cérebro de lado e assista sem pena.

Alexandre D´Assumpção

Segundo o Guia do Mochileiro das Galáxias, Alexandre D’assumpção, ou The Sumpa, é praticamente inofensivo. Apesar de todas as lendas a seu respeito, ele é apenas um professor Nerd, redator, roteirista de quadrinhos e audiovisual que nos anos 80 pediu carona para uma cabine azul e desde então, tem vivido suas aventuras através do espaço/tempo. Para facilitar a viagem, tornou-se mestre Zen na arte de ter um rosto tão comum que todos sempre o cumprimentam imaginando se tratar de outra pessoa; normalmente ele mesmo. Dono de uma péssima memória, ele nunca se lembra de detalhes importantes como rostos, grupos que passou nem dos inimigos que ameaçam sua vida, o que é péssimo quando ele os encontra em becos escuros. Sua toalha é customizada e ostenta a máscara da Iniciativa Gambate, empresa criada por ele para levar a cultura Pop a todos aqueles que dela precisarem, estejam onde estiverem. De tempos em tempos ele reverte a polaridade de sua chave de fenda sônica e leva algum compannion para passeios transmídia, seja em eventos, festivais ou programas de TV. No caso de um avistamento, principalmente se The Sumpa for a personalidade dominante, espere o inesperado e corra para sobreviver.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo