Quer mais este assunto nerd? Nos visite diariamente.

Harley Quinn 2X12 – Lovers’ Quarrel

[dropcap]E[/dropcap]stamos chegando naquela época do ano, mais uma vez.

Qual época? O fim da temporada de Harley Quinn, ué. Este é o episódio 12, falta só mais um pra descobrirmos com quem a Hera terminará. Será que ela realmente vai ficar com alguém?

Ao longo desta temporada, a Arlequina foi se afundando ainda mais por causa da Hera, o que mudou bastante o tom dos episódios da série. Começamos com uma versão da saga Terra de Ninguém e ao longo da temporada, fomos vendo as consequências da formação de casalzinho do último episódio da temporada anterior.

[tie_full_img][/tie_full_img]

[padding left=”5%” right=”5%”]

Sim, levamos um ano inteiro pra saber como a Hera vai lidar com o beijo que ela e a Arlequina trocaram.

Felizmente, a reviravolta, que apareceu em parte dos capítulos e guiou outros, não diminuiu o potencial da série nem ignorou a sequência mais pesada da trama, mesmo os que foram diretamente afetados por ela.

Neste episódio, Batman, Coringa e a Liga da Justiça inteira estão de volta. Como a série sempre debochou dos heróis, eles reaparecerem mais idiotas não muda nada. O mesmo vale para a traição do Dr. Psycho, que sempre pareceu óbvia, uma vez que o personagem sempre foi guiado pelo próprio egoísmo.

Se o pequeno egocêntrico sempre quis ser um grande dominador de mundos, Darkseid e seus parademônios seriam o instrumento perfeito.

[padding left=”5%” right=”5%”]

No episódio anterior, vimos que ele descobriu o segredo das moças e resolveu usar Hera para matar Harley e dar um tom mais dramático à sua vingança. Como resultado, Hera foi acometida por um amor assassino.

Acabamos vendo como todos os personagens seriam se tivessem sido usados a sério todo o tempo. Hera, Cara de Barro e Tubarão Rei se tornam perigos reais e imediatos que a Liga mal consegue conter.

Pra complicar ainda mais, o senhor de Apokolips decide pressionar o anão do mal, que até então, via como um perdedor nato. Por outro lado, Harleen e Pipa descobrem que Sy Borgman ainda está consciente e o transformam numa espécie de Max Headroom, que os ensina a criar uma tecnomacumba anti-hipnose que eles podem usar para salvar seu interesse em comum.

A grande verdade é que todo o background é menos importante do que a história. No final, vemos soluções como o Beijo de amor que salva a personagem de sua escravidão hipnótica.

Se o conceito parecer patético, culpe a Disney, que fez sucesso popularizando este tipo de fábula.  O ponto é que dá certo e descobrimos quem é o amor verdadeiro da botânica, mas isso fica pro final da temporada.

Como o Dr. Psycho não sabe brincar, após ser derrotado, ele expõe as intimidades das duas para todos verem.

Ah, sim… ao que parece, ela aprendeu algo. Darkseid acaba aprovando sua atitude e oferece uma chance de controlar os parademônios, só que ela recusa. A grande verdade é que não dá pra saber. No momento, a prioridade dela é tão outra, que o mundo pode esperar.

No próximo episódio… Quem sabe?

O que vocês estão achando dessa temporada da série comentem!

você pode gostar também